Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

22 de novembro de 2016

Blog: Uma história de solidez construída com o tempo

     
  No último dia, 05 de novembro do presente mês, fez quatro anos, que com muito amor, inspiração e dedicação, que venho desenvolvendo o meu trabalho como escritor por meio de meu blog e fanpage, com textos nascidos de inspirações dadas por Deus, independente de religião, e provenientes de muito estudo e embasamento acadêmico. Escrever é fascinante que me dá muito prazer, pois me proporciona momentos de reflexão sobre a vida e tudo que aprendi, tenho aprendido com a vida, uma vez que, somos seres em eterno processo de construção. 

  Escrever é desafiante em meio a tantos nomes de alto relevo social da escrita, mas nada impossível quando se faz o que se ama e se repassa ao próximo, lições de aprendizados de toda uma vida e de todo um sacrifício advindo de um histórico de muito estudo. Sempre tive amor pela escrita, mas tornar meus escritos públicos é algo que abracei há exatos quatro anos. Vale frisar, que existe uma diferença muito grande entre os escritos públicos dos que escrevemos sem compromissos, pois ao tecer palavras de impacto dado o tema que está sendo tratado, o autor precisa ter muito tato com as palavras, pois elas possuem um poder incomensurável de projetar as pessoas para uma mudança de percepção quanto à vida, bem como o de levá-las a serem radicalistas. Digo isto, pois ao se escrever algo e adquirir notoriedade, o escritor passa a figurar entre as personalidades formadoras de opinião. Daí a responsabilidade de se saber minimamente sobre o que se está escrevendo e dá preocupação de levar algo que conduza as pessoas a refletir e a reformular suas maneiras de pensar e agir frente aos dilemas da vida. Trata-se da imperiosa necessidade de utilizar as palavras de modo a fazer com que as pessoas despertem para praticas que dão sentido a vida. Isto sim é escrever com propriedade e não se valer de assuntos polêmicos para causar. A polêmica serve para levar as pessoas a ações concretas com a finalidade de produzir um efeito revolucionário e necessário para o bem comum, ou seja, o bem de todos.

  Enfim, quero demonstrar aqui a minha imensa gratidão a todos do Brasil, dos mais de 80 países que acompanham as minhas obras em todo o mundo e, sobretudo a Deus, que até aqui tem me sustentado. O maior legado que um ser humano deixa para a humanidade começa através da verbalização, da escritura das palavras e se materializa de maneira efetiva nas atitudes, logo, viver o que se fala e se escreve é fundamental. Reflitam e tenham um excelente dia!!!



João Luciano Silva da Costa.