Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

22 de agosto de 2014

Alimentação em Foco

   

  Em razão da frenética rotina de vida, a que todos, nós, estamos inseridos, alimentar-se em restaurantes, lanchonetes ou bares tornou-se uma constante. Entretanto, o que milhares de pessoas não imaginam é que por traz da boa aparência dos alimentos comercializados pelas referidas categorias de estabelecimentos, como ilustra a imagem ao lado, há um absoluto desleixo para com os consumidores. Alimentos fora do prazo de validade, mal armazenados, falta de higiene nos locais e dos funcionários que manipulam os alimentos, dentre outros absurdos. Assistam a reportagem abaixo do programa: Conexão Repórter do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), apresentado pelo o jornalista: Roberto Cabrini, que endossa á minha abordagem:



 Com base no exposto, temos a constatação clara e inaceitável de lesão do Código de Defesa do Consumidor, instituído e regido pela lei: 8.078 de 11 de setembro de 1990, especificamente em seu artigo: 4, inciso I alínea: d: ferindo assim as relações de consumo, as normas de dignidade, saúde, segurança do consumidor, bem como a infringência de parâmetros estabelecidos pela Vigilância Sanitária e no plano Internacional temos o desrespeito aos princípios da OMS ( Organização Mundial de Saúde). Contudo, precisamos de atitudes consistentes dos governantes, pois trata-se de uma questão de utilidade pública. Penso que, se for o caso, cabe inclusive, a intervenção da OMS, uma vez que a mesma, assina um documento no qual define a saúde como:" um estado de completo bem estar físico, mental e social.

 Enfim, para tais fatos, não me cabe fazer outras observações, aqui, senão a de manifestar o meu total repúdio a este quadro de abandono, cujo qual se encontra os cidadãos brasileiros. Entretanto, aproveito a oportunidade para pedir a todos que leem os meus artigos no Brasil e em todo o mundo, que façam uma profunda reflexão sobre o tema em pauta e mobilizem-se. Digo isto, pois o país que idealizamos não vai surgir da noite para o dia. Precisamos unirmos forças para combatermos de maneira pacífica, mas enfática, está vergonhosa realidade, sem contudo, generalizar. Ainda existem estabelecimentos sérios. Tenham um ótimo dia.



João Costa.