Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

23 de junho de 2014

Depressão dentro de uma Mansão



 Diversas pessoas imaginam que todos que possuem um alto poder aquisitivo, carros luxuosos e  mansões são felizes, e acabam por incorrerem em um enorme equívoco, pois a felicidade não está ligada a dinheiro. O dinheiro traz conforto, comodidade e inúmeras benesses, porém não traz para muitos que vivem dentro de tal contexto a felicidade que milhares que se encontram a margem da abastança pensam. A depressão vivenciada por muitos que habitam uma mansão é maior do que se pode deduzir ou concluir. Milhares de pessoas que possuem um padrão estável de vida,  para dormirem precisam fazerem uso de ansiolíticos, tais como: tarja preta e antidepressivos. Sem contar os casos das pessoas que utilizam drogas para de alguma maneira tentarem se verem livres  de suas angústias e  insônias provenientes de diversos problemas. Trata-se de uma questão que requer toda uma atenção e reflexão.

 Conhecida como a doença da alma e dos últimos tempos, a depressão tem sido um dos obstáculos mais comuns atualmente no cenário mundial, e muitos infelizmente pensam que se trata de um problema vivenciado somente pelo seguimento de pessoas pobres da sociedade, e ao contrário, milhares de pessoas que têm uma alto padrão de vida também sofrem de depressão. A questão em pauta não está associada a condição social na qual um indivíduo encontra-se inserido, mas na vulnerabilidade de muitos que por não fazerem uma higiene mental e extirparem de suas mentes: a ansiedade, pensamentos negativos, complexos e uma diversidade de coisas negativas acabam caindo no abismo sem fim do profundo vazio interior. Sabe caros leitores, muitas pessoas são responsáveis pelas adversidades nas quais se encontram, pois se mal tratam por meio de anulações, correria desenfreada do cotidiano, má alimentação, ausência de uma atividade física e diversos outros fatores que no futuro o organismo acaba cobrando através de doênças. Tire um tempo no dia para meditar, conversar olho no olho com os amigos que têm, longe de redes sociais, pois nada se compara com uma salutar conversar pessoalmente. Dedique-se nos momentos livres para atividades de lazer e enfim reformule a sua maneira de viver. Isto faz toda a diferença.

 Todas as dificuldades que vivenciamos são superáveis, desde que nos propomos a revermos as nossas posturas diante da vida que vivemos, pois isto nos permite fazer um mergulho para dentro de nós mesmos, e daí a darmos um giro de 360° graus nas atitudes que tomamos. Entendam que ter dinheiro é sinônimo de comodidade e poder de compra, jamais foi e será sinônimo de felicidade. Muitos vivem dentro de mansões, como bem ilustra a imagem em tela, mas certamente desejariam terem saúde e felicidade para que encontrassem na plenitude de sua existência, o bom ânimo necessário para viver. Reflitam e tenham um ótimo dia.


 João Costa.