Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

2 de janeiro de 2014

Ano novo: novas perspectivas a vista




 Momento de começo e recomeço. Oportunidade impar, para novas descobertas, redescobertas e novas perspectivas. Trata-se de uma fase maravilhosa da vida, assim como o nascer de cada dia, que nos brinda com a chance de podermos refazermos os nossos projetos. Isto é extraordinário.

 A vida sempre nos proporciona novos caminhos, mesmo diante dos desertos de dificuldades, pois é justamente nestes, que temos a chance de conhecermos a magnitude de nossos talentos e a sinceridade dos que nos dizem serem “verdadeiros amigos”, bem como a entender melhor a dinâmica da vida e como ela é de fato. “Ano novo”, a meu ver, é um divisor de águas entre o que ficou para traz e o novo e esplendoroso horizonte que nos espera. Como sempre, cabe a cada um de nós fazermos novas escolhas sobre quais caminhos a seguir e as mudanças necessárias, ou seja, a todo instante da vida estamos diante de escolhas, daí a importância de sabermos faze-lás, pois para cada opção feita há uma conseqüência que pode ser positiva ou negativa. Tudo vai depender de nós.


Conclusão: A vida é uma fonte inesgotável de oportunidades, para que reformularmos pensamentos, mudarmos de caminho, escolhermos novos objetivos e construirmos novos ciclos de amizades, sem, contudo, deixarmos os que já temos. Enfim, como bem ilustra a imagem em tela, a vida é como uma estrada iluminada e arborizada, a espera de que ao passarmos por ela, possamos termos o brilho inebriante de uma novidade de vida. Reflitam e tenham um fabuloso começo de ano.



João Costa.