Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

19 de outubro de 2013

O vandalismo e suas nuances

  Penso que, para todos os progressos sociais, políticos e econômicos que são necessários para o desenvolvimento de uma nação, é elementar que haja o acompanhamento efetivo de seu povo, seja por meio do voto ou pela fiscalização do que o governante elegido está de fato fazendo, porém é inaceitável a pratica do “vandalismo” que em nada contribui para a evolução do processo democrático, mas sim para o retrocesso da ordem jurídica, o que traduz a total ignorância de um segmento que não representa as mobilizações criadas para um fim legítimo.

 A meu ver é pertinente e plausível os clamores que são impulsionados por argumentos verdadeiros, legalmente amparados e incessantes na luta por ideais, e não aos vândalos que frustram a ordem social, os direitos individuais e coletivos, bem como ferem o direito constitucional a que todos têm direito, que é o de manifestarem-se livremente desde que de forma ordeira e pacífica como estabelece a Constituição Federal. Vejo que a preservação das relações sociais e a construção de uma sólida democracia residem basicamente na maneira, como uma civilização age e reage, dentro de todo o contexto em pauta.

 Conclusão: Conclamo a que todos os cidadãos Brasileiros e do mundo, reflitam sobre essa tese, pois precisamos trabalhar, para que haja sempre nas frentes de reivindicações, caminhos plausíveis para a aquisição de um bem comum. Pensar sobre isto me remete a pessoa de Martin Luther King Jr, como podem ver na imagem em tela. Um grande líder, que mesmo diante de diversas lutas, nunca  calou-se diante das injustiças, mas sempre adotou uma postura alinhada com a civilidade, através de discursos norteados por palavras de sabedoria, suscitando sempre a reflexão e a igualdade entre todos, deixando assim um dos seus maiores legados para a humanidade. Tenham um ótimo dia.


João Costa