Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

20 de julho de 2013

Dia internacional do amigo


   Amigo, uma palavra que denota sinônimo de companheirismo, sinceridade e lealdade. Está data é uma mera simbologia. Penso que, "dia do amigo" é todos os dias. Isto posto. Penso que, um amigo verdadeiro é aquele que está pronto para te escutar, aconselhar, elogiar, porém no momento certo te criticar construtivamente, pois um dos papéis de um verdadeiro amigo é o de nos alertar sobre algo, falando-nos a verdade e não concordar com tudo que pensamos ou fazemos. Friso, contudo que, sabermos que mesmo na condição de amigos, temos que agirmos com bom senso e termos a sensatez  de saber  quando começa o nosso limite e termina o do nosso próximo trata-se de um dos  pressupostos fundamentais no contexto das relações sociais em geral, e neste caso não fugiria a regra. Façam uma profunda reflexão.

  A percepção que tenho é que no contexto atual a palavra, “amigo” ficou muito banalizada. Quando creditamos a alguém a confiança de tê-lo e chamá-lo de amigo estamos empregando uma responsabilidade muito grande à determinada pessoa, pois a partir de então passamos a confiarmos de maneira genuína, o que implica em compartilharmos de sonhos e particularidades que habitualmente não faríamos com qualquer pessoa. Daí temos a exata noção do peso que requer fazer a escolha certa de uma pessoa para ter como amigo (a). Sei que não é nada fácil, porém é necessário a tentativa e o risco é importante, pois nunca descobriremos se uma pessoa é correta se não houver o convívio social. A observação das atitudes dentre outras coisas é um dos caminhos, bem como a chave de tudo. A banalização da referida  palavra se dá quando mal conhecemos as idéias, atitudes e, sobretudo o caráter de uma pessoa, e da noite para o dia o chamamos de amigo (a). Sabe caros leitores, temos que termos muita precaução, sabedoria e alto grau de percepção quando estamos construindo uma amizade ou qualquer tipo de relacionamento. Existem detalhes claros como por exemplo: pessoas interesseiras, invejosas e falsas, contudo ressalto que para a nossa felicidade existem pessoas maravilhosas cujas quais não podemos deixar de agradecer a Deus independente de credo religioso, por tê-las em nossas vidas. 

 Termos amigos (as) verdadeiros é como encontrar um tesouro, pois na minha concepção uma amizade sincera é de um valor indescritível e que dinheiro nenhum no mundo pode pagar. Agora neste momento dirijo-me a todos do Brasil e do mundo que se encontram sem um amigo ou até mesmo uma família, com quem possam contar e dizer-lhes: Saibam que vocês podem contar humildemente comigo, que mesmo de longe, procuro criar com toda a humildade e enorme amor algo que possa levar a todos vocês uma nova perspectiva de vida, esperança, força, coisas construtivas e contem, sobretudo, com Deus, pois ele está e sempre estará com todos nós. Feliz dia internacional do amigo!



João Costa.