Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

5 de julho de 2013

Câncer: Uma prova de fogo


  Penso que, a palavra câncer deveria ser trocada por desafio, coragem e superação, pois é isto que os pacientes portadores do mesmo, sejam eles crianças ou adultos, vivenciam no combate obstinado e contínuo de todos os dias na luta pela vida. Observo muitos reclamarem da vida, da comida, do tempo, das pessoas e enfim de uma diversidade de coisas e não param sequer para refletirem que existem milhares de pessoas no Brasil e mundo vivenciando momentos extremamente dolorosos, mas que nem por esta razão se desanimam ou reclamam. Muito pelo contrário são verdadeiros exemplos de superação. Como bem diz um dito popular “Estas pessoas fazem de um limão uma limonada”.  Assistam, por gentileza,  ao vídeo abaixo:


                                                                                                                                                                                                        


 O câncer quando diagnosticado gera um sofrimento sem precedentes. Contudo, ter fé em Deus, levantar a cabeça e seguir em frente é  fundamental para o tratamento e a cura. Agora, a grande verdade é que o pior câncer existente é a abertura dada por muitas pessoas a sentimentos negativos. Defendo que a fé e a esperança  são os combustíveis que sustentam e impulsionam um ser humano para frente, sem que o mesmo, se atenha aos problemas, mas sim em uma das coisas mais importantes que é a de dar valor a cada segundo da vida e as pessoas que tanto o amam.

 Caros leitores, nada somos senão seres que passamos pela vida para sermos felizes, aprendermos com as adversidades e repassarmos o conhecimento obtido. Muitos valorizam os bens materiais, são arrogantes, egoístas e desprovidos de sentimento. Agora dirijo-me a todos do Brasil e do mundo que estão vivenciando neste momento o câncer e sentem-se desmotivados e sem forças para lutarem e digo-lhes: Nunca desistam, lutem sempre, e, sobretudo, tenham muita fé em Deus, independente de credo religioso, pois só ele e a determinação de vocês em vencerem esta árdua luta, poderá ajudá-los. Reflitam e tenham um ótimo dia!



João Costa.