Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

21 de abril de 2013

Violência global – parte 1


   Nesta nova série de artigos tratarei com o devido detalhamento os pressupostos que a meu ver geram esta terrível realidade na qual nós seres humanos infelizmente temos tido que conviver nos últimos tempos, seja desde um assalto até a mais grave truculência que um indivíduo pode cometer.
  
  Vejo com enorme descaso a forma com que as autoridades tratam questões como: educação, saúde, saneamento básico e várias outras o que a rigor é na minha concepção um dos fatores que contribuem para a propagação da violência que assistimos ou da qual muitos são vítimas nos dias atuais. Deixo as seguintes perguntas: - Por que razão os governos não investem maciçamente na educação? Seria um prejuízo para os cofres públicos investir para que tenhamos uma sociedade pensante e cobradora de seus direitos? Estas cobranças prejudicariam a governança dos que detém os poderes ou comprometeriam os seus interesses?

  Penso que, os tópicos que carecem de investimento na verdade são uma grande ameaça para os legisladores principalmente no que refere-se a educação. Há muitos interesses escusos que as mobilizações em massa com o conhecimento adquirido ficariam comprometidos. A diante falarei mais sobre todas estas questões. Reflitam e tenham um ótimo dia!




João Costa.