Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

29 de abril de 2013

O tráfico de armas e drogas



   Para muitos se trata de um fato aterrorizante as questões relativas ao trafico de armas  e drogas no Brasil, bem como no mundo, porém temos que ter a clareza dos tempos  atuais e para tanto se faz necessário a visão detalhada de que as coisas como tudo na vida não começaram sem que se houvessem fatores desencadeadores para o vivenciamento do presente dilema.

  Os problemas geralmente são provenientes de agentes motivadores como é o caso da corrupção, ausência de uma educação de qualidade, saúde e inúmeros outros fatores. Penso que é um fato trágico, mas que não adianta o desespero. Precisamos de atitudes condizentes com a realidade e  que sejão capazes de reverterem esta situação, para que tal não tome um vulto ainda maior já que às drogas é fruto da falta de uma fiscalização rígida nas fronteiras dos países o que colabora para a perpetuação do crime e a consequente propagação das mesmas. Os  governantes não enfrentam tais questões como deveriam o que é um outro problema e com a permissividade o aumento desses e o surgimento de outros problemas tendem a tornarem-se banais. Caros leitores as armas vão como em um passe de mágica pararem nas mãos dos criminosos? Claro que não. A resposta por si só revela a razão de parte dos problemas.

    A grande verdade é que vivemos em um país onde as coisas acontecem na clandestinidade. Com base nisto fica clara a importância de uma base familiar sólida, pois o que fomenta a indústria das drogas são os usuários que em sua maioria não possuem uma estrutura familiar. Há os que certamente dirão que existem exceções. Evidente que sim. Não discordo, porém o que friso aqui é a importância de que busquemos uma saída para este fato tão devastador. Não me cansarei de destacar a importância da existência de políticas públicas capazes de cercearem os criminosos, a preservação da “instituição família” e sobretudo Deus independente de credo religioso para que  exista a tão sonhada paz mundial almejada por todos. Reflitam e tenham um ótimo dia!





João Costa.