Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

18 de março de 2013

A simplicidade e a caixinha de surpresas




    Penso que, a felicidade é como uma caixinha de surpresas que ao contrário do que muitos imaginam por conta de um contexto histórico não se concentra na órbita dos bens materiais, mas sim na simplicidade  de como enxergamos e aproveitamos a vida. A cada segundo vivido é uma surpresa, pois nunca sabemos o que esta reservado para nós por isso que a própria imagem em tela ilustra com a devida clareza o tema em questão.

 Observo uma lista extensa de requisitos que constituem os fundamentos para que os  seres humanos sejam  felizes, porém irei destacar os elementares que na minha concepção esta na mais pura simplicidade demonstrada  através de atitudes em relação a vida,  no tato com que tratamos as situações e na docilidade do que  falamos para o nosso próximo, nos momentos agradáveis vivenciados juntos a amigos verdadeiros, ao lado de um grande amor e sobretudo em Deus que é a essência de tudo independente de credo religioso. 

  Em suma o dinheiro proporciona conforto, mas só bons momentos vividos em sua plenitude e de maneira salutar tornam um ser humano feliz. Reflitam e tenham um ótimo dia!





João Costa.