Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

17 de janeiro de 2013

Ditadura da beleza


 Com o advento de diversos tratamentos estéticos e o surgimento de uma infinidade de cosméticos as pessoas cada vez mais tem buscado manterem-se mais jovens através do uso de métodos invasivos através de cirurgias ou do uso de cremes. Penso que, é muito relevante as pessoas terem cuidados com a sua beleza exterior, porém desde que isso não vire uma obsessão e que não percam o interesse de cuidarem da sua beleza interior que é a principal. A beleza exterior é apenas um complemento. Na verdade a partir do momento que nos atemos ao trato do nosso interior não só a beleza externa mais tudo referente a energia positiva passa a fluir em nossas vidas de maneira natural. Ter bons pensamentos, simpatia e transmitir boas energias para as pessoas não está nos cuidados com a parte exterior mas sim ligados ao nosso interior, pois flui de dentro para fora. Podemos até termos peles e corpos maravilhosos e recebermos a admiração de muitos, mas se não tivermos o nosso interior bem alicerçado certamente de nada servirá a exuberância externada a não ser para que sejamos vistos e valorizados pelo que aparentamos ser e não pelo que somos de verdade fato este tão discutido no artigo  em pauta. A rigor faço questão de ressaltar a importãncia de que uma pessoa que irá submeter-se a uma cirurgia estética tenha todos os cuidados necessários, e veja se o cirurgião plástico esta devidamente cadastrado no CRM (Conselho regional de medicina) e se o mesmo, não tem registros de denúncias no referido orgão. Em caso de dúvidas visitem o site do CRM do Rio de Janeiro: www.cremerj.org.br porém saibam que em cada estado do brasil há um CRM. Meditem sobre esta perspectiva e tenham um ótimo dia!
              


João.Costa.