Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

31 de janeiro de 2013

Catástrofes: Um dilema a ser resolvido


    Tenho visto felizmente o forte trabalho do Governo, Corpo de Bombeiros e a aplicação rígida das leis  Através dos agentes jurídicos e o principal que é a mobilização do povo no que se refere à tragédia de Santa Maria - Cidade Central do Rio Grande do Sul. A reivindicação do povo faz os agentes públicos agirem, ainda que tardiamente, pois as vidas perdidas não serão recuperadas. 

   O que me causa grande revolta no momento é saber que não houve fiscalização por parte dos agentes públicos e isto seja um fato presente na história do nosso país a muito tempo onde muitas vezes as coisas passam totalmente sem qualquer tipo de controle como temos visto. O que de fato importa daqui para frente é que este rigor servirá de reserva para que outras tragédias iguais ou piores não ocorram, mas o que é fundamental. Em via de regra infelizmente incidentes deste tipo ocorrem no Brasil e em todo o mundo. O necessário agora é que as autoridades publicas criem uma lei especifica para que os procedimentos necessários para salvaguardar as pessoas que frequentam estas casas noturnas possam serem amparadas. O que me revolta também é saber que medidas poderiam terem sido tomadas para que este cenário de terror não tivesse ocorrido. Clamo junto com estas famílias para que a justiça seja feita para que os culpados paguem pelo ocorrido. Saber que a “boate Kiss” de Santa Maria no RS só tinha uma saída é uma acinte ao povo brasileiro. Classifico estes proprietários como pessoas que não possuem o mínimo de responsabilidade, pois para certas questões não é necessário uma fiscalização e sim bom senso o que não houve neste caso e não existe em muitos no Brasil e no mundo. 

  Estes proprietários foram patéticos e avarentos porque pelo jeito o mais importante era o dinheiro das pessoas e não a vida das mesmas, o que é mais lamentável. Não procuro julgar as pessoas, não tenho como princípio este caminho para resolver questões agora como cidadãos e no exercício que cabe a todos nós brasileiros através da liberdade de expressão e do direito democrático penso que, é obrigação nossa requerer das autoridades uma resposta. Este nosso Brasil precisa ser passado a limpo e com isto muitos sem generalizar do poder público precisam ter vergonha na cara e fazer algo de concreto. Caem prédios, explodem bueiros no Rio de Janeiro, casas de shows são incendiadas e nada é feito. Tem que haver um basta. Reflitam sobre estas questões e tenham um ótimo dia! 


  

João.Costa