Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

3 de dezembro de 2012

Metrô Rio: Um caos constante na vida do povo que precisa

                  
  Fica muito difícil vivermos em um país onde os estados só pensam em tratar de transportes públicos quando esta em iminência o evento da grandiosidade da copa de 2014, bem como as olimpíadas de 2016. Com o vislumbre de ter um transporte de qualidade penso que, este assunto deve ser tratado com seriedade pois é uma obrigação das autoridades públicas.

  Para os que utilizam este meio de transporte basta uma viagem para constatar a terrível realidade do metrô do Rio de Janeiro. Absurdamente muitos  trabalhadores vivenciam todos os dias esta realidade que de tão precária chega a extrapolar os limites do que podemos chamar de desumano. Nossos governantes agem de forma permissiva e omissa. Os intervalos de espera são longos, a superlotação é  insuportável e sobretudo  ainda temos que depararmo-nos  com o extremo sofrimento pelo qual muitos passam como por exemplo a ocorrência frequente de pessoas que são acometidas de desmaios por falta de ar. Há composições que por diversas vezes trafegam sem sequer ter o ar condicionado funcionando. Vivemos em um estado democrático ou em um estado de exceção?

 Enfim trata-se de um problema crônico que dependerá da reivindicação que nós “povo” temos que fazer seja por meio da agência reguladora do Metrô Rio “Agetransp” através do telefone: 08002859796 ou por meio do voto consciente nas urnas através da eleição, exigindo os nossos direitos. Pensem nisso e tenham um ótimo dia!


João.Costa.