Idiomas

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

10 de dezembro de 2012

A violência e a aspiração da paz mundial


   Todos os dias vivenciamos a dura realidade transmitida por meio dos noticiários de tv, radio e jornais. São veiculadas todas as formas de violências. Nunca talvez tenhamos vivido momentos de tamanho caos no que refere-se à violência no mundo atual.

  Penso que, o pilar que forma um bom ser humano esta  na boa relação entre pais e filhos como parâmetro de referência através de valores. Isso sim prepara e torna a paz mundial  factível. Uma escola ou faculdade por melhores que sejam passam uma boa formação intelectual e preparam o indivíduo para o crescimento profissional muito embora isto nem sempre funcione para todos, mas jamais ensinam o ser humano a viver no cenário da vida e das relações interpessoais onde o mesmo é obrigado a lidar com aprovações e reprovações. 


  A violência se dá pela falta de conscientização de valores que na maioria das vezes não é dada dentro de casa e pela falta de uma educação de qualidade que não é passada no ensino de base  o que funciona como um complemento  aos ensinamentos passados pelos pais. A paz mundial que tanto o ser humano almeja só será possível a partir da formação de cidadãos plenos de bons valores como por exemplo um que é fundamental que é o de colocar-se no lugar do outro como pressuposto para o seu próprio crescimento como pessoa. Não adianta nos vestirmos de branco em manifestações contra a violência, pois a mudança  que desejamos para o mundo começa dentro de cada um de nós e principalmente a partir da fé em deus independentemente de religião. Reflitam e tenham um ótimo dia! 





João.Costa.